Share, , Google Plus, Pinterest,

Print

Posted in:

O thriller erótico

Sendo um subgénero do thriller, os filmes com essa classificação também não figuram entre os melhores do género, sendo muitas vezes considerados mais um guilty pleasure do que outra coisa. Contudo, e dependendo dos gostos, pode haver excepções e alguns títulos assim rotulados são mesmo considerados clássicos da 7ª arte.

Apesar de ter havido um ou outro filme em décadas anteriores, foi nos anos 80 e 90 do século XX que o thriller erótico teve maior impacto. Foi nessa altura que o actor Michael Douglas, o argumentista Joe Eszterhas e realizadores como Brian De Palma e Adrian Lyne contribuíram decisivamente para o género se tornar popular.

A base do argumento é quase sempre a mesma: um detective que se monta numa mulher fatal ou um papá ou uma mamã que espetam uma facada no matrimónio e como sequência disso, os amantes planeiam matar o/a traído(a) ou o(a) traído(a) acaba por matar um ou ambos os amantes. (…)

 

in Take 43 – Leia aqui o artigo completo | Faça download da revista clicando aqui

Comentários

Share, , Google Plus, Pinterest,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *