Share, , Google Plus, Pinterest,

Print

Posted in:

[Monstra 2019] Tito e os Pássaros

de Gabriel Bitar, André Catoto e Gustavo Steinberg

muito bom

Foi uma das grandes surpresas da edição 2019 do Festival Monstra, e chegou agora aos cinemas portugueses: Tito e os Pássaros é uma obra inusitada vinda do Brasil, e que nos fala do medo como a maior doença da Humanidade.

 

É a primeira longa-metragem assinada pelos realizadores Gabriel Bitar e André Catoto, e é a segunda do outro realizador que completa o trio, Gustavo Steinberg (mas primeira em animação). Nela conta-se a história de Tito, um rapaz que quer reencontrar o pai, que trabalha na cura para a estranha doença que está a abalar o planeta, a doença do medo, utilizando os pássaros – que muitas vezes salvaram a nossa espécie de muitas catástrofes. É certamente uma bela metáfora para os tempos modernos, e que se tornou acidentalmente (porque o filme começou a ser preparado alguns anos antes) uma metáfora para o Brasil de hoje, com Bolsonaro, fanatismo e opressão na ordem de cada dia.

Se não tivesse mais nada para além da história, já era motivo suficiente para aplaudir Tito e os Pássaros. Com ela, os realizadores traçam uma reflexão provocadora sobre o medo como “arma” para a paralisação da Humanidade, patente no confronto da ideia do medo com o simbolismo da transformação dos “doentes” em pedras, e na forma como os meios de comunicação de massas utilizam a seu bel prazer. Vivemos numa sociedade da qual o medo é um dos pratos principais, e que é cada vez mais presente no quotidiano. Não estaremos todos a sofrer também uma doença semelhante?

Mas o grande triunfo do filme – ou pelo menos, aquilo que o tornará mais memorável para os espectadores – está no seu estilo de animação único, que mistura a animação 2D com uma técnica que, no mínimo, nos parece mágica: no meio de elementos digitais, pinceladas de óleo invadem o filme e constroem alguns dos cenários e ambientes mais belos que temos visto no grande ecrã. O grande prazer de ver Tito e os Pássaros está na oportunidade de apreciar esta bela técnica em todo o seu esplendor.

No meio de um mercado de distribuição dominado pelas majors americanas, torna-se cada vez mais difícil ver filmes de animação que não sejam das grandes marcas nas nossas salas. No entanto, aí está Tito e os Pássaros para contrariar essa tendência. E que tanta falta nos fazia uma animação que, agradando a miúdos e graúdos, consegue ter uma mensagem acertada sobre a nossa estranha modernidade.

Review overview

Summary

Tito e os Pássaros é um filme de animação com o protagonista à procura da cura para o medo. Uma grande aventura com uma mensagem importante sobre a actualidade.

Ratings in depth

  • Argumento
  • Interpretação
  • Produção
  • Realização
4 10 muito bom

Comentários

Share, , Google Plus, Pinterest,