Share, , Google Plus, Pinterest,

Print

Posted in:

Maggie Tem Um Plano

de Rebecca Miller

bom

Escrito e realizado por Rebecca Miller, Maggie Tem Um Plano é mais um indie cheio de personagens intransigentes que se debatem com dilemas interiores, e se cruzam por Nova Iorque, cidade recorrentemente associada a um estilo de vida narcisista um tanto ou quando snob e intelectual. Uma comédia romântica light, simpática, mas que não marca grande diferença.

 

Maggie (Greta Gerwig) é uma jovem nova-iorquina que decide tornar-se mãe solteira. Logo desde o inicio do filme, que as suas intenções são de imediato apresentadas. Sem capacidades para se manter numa relação por mais de seis meses, diz ela, pede ajuda a Guy (Travis Fimmel) um ex-namorado de faculdade, disposto a doar-lhe sémen, ajudando-a recorrendo à inseminação artificial. Aparentemente, Maggie acha que tem absoluto controlo sobre a sua vida, mas não contava apaixonar-se por John (Ethan Hawke), um antropólogo casado com Georgette (Julianne Moore), neurótica e também antropóloga, cujo o casamento está prestes a desmoronar. Os anos passam, Maggie casa com John e finalmente é mãe, mas os seus receios quanto a relacionamentos começam a surgir. Estaria afinal preparada para se comprometer? É então que surge a ideia de elaborar um plano, que conviria não só a si mas também a Georgette.

Este é daqueles filmes, onde o elenco ou pequenos momentos de diálogo, conseguem dar um brilho especial a uma história que na verdade não tem muito de original ou reveladora. Os aspectos consideráveis estão todos lá, e o percurso a percorrer já sabemos qual é, mas é agradável de acompanhar. Está mais que provado queGreta Gerwig é a rainha do indie, e este tipo de papeisquirky parecem ser perfeitos para si. Ethan Hawke – na minha opinião, constantemente subestimado – safa-se sempre bem quando dá a pinta do tipo que tem o seu quê de bad boy, mas que na verdade é só mais um homem confuso e a magnifica Julianne Moore que tem a capacidade de encarnar qualquer uma, carregando em grande parte todo o humor do filme, com a ajuda de Bill Hader e Maya Rudolph que aqui também dão a sua perninha de comédia.

Maggie Tem Um Plano é uma comédia romântica sobre pessoas um tanto ou quanto peculiares, mas com o perigo de cair rapidamente no esquecimento. No entanto, tenho a certeza que irá agradar a todos os fãs de Woody Allen e Noah Baumbach, visto conter algumas características semelhantes ao trabalho dos dois.

Resumo da crítica

Summary

Este é daqueles filmes, onde o elenco ou pequenos momentos de diálogo, conseguem dar um brilho especial a uma história que na verdade não tem muito de original ou reveladora.

Classificação

  • Argumento
  • Interpretação
  • Produção
  • Realização
3 10 bom

Comentários

Share, , Google Plus, Pinterest,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *