Share, , Google Plus, Pinterest,

Print

Posted in:

A Lei do Mercado

de Stephane Brize

muito bom

Realizado por Stephane BrizeA Lei do Mercado é o retrato da dura realidade que é o desemprego, demonstrando de forma simples e bastante concreta, o exemplo de um homem que enfrenta essa situação. Esteve seleccionado para competir pela Palma de Ouro no Festival de Cannes 2015, tendo ganho o prémio de Melhor Actor paraVincent Lindon.

 

Thierry Taugourdeau (Vincent Lindon) de 51 anos, está desempregado há 18 meses, depois de ter perdido o emprego como operador fabril. Encontra-se agora a receber o pouco que lhe é atribuído pelo subsidio de desemprego, sendo persistente na procura de emprego. Thierry dá o seu melhor para voltar à normalidade que tinha há mais de um ano atrás, mas torna-se cada vez mais difícil sustentar a mulher e o filho com necessidades especiais. Quando finalmente consegue encontrar trabalho, como vigilante num supermercado, Thierry vê-se agora numa posição delicada. Depois de meses de tormento e frustração, poderá ser agora ele o responsável pelo despedimento e humilhação de outros.

Filmado quase que em estilo documentário, sem uma cinematografia pomposa, as cenas são quase sempre longas e muito naturais, utilizando cenários comuns que se enquadram perfeitamente naquilo que é pretendido. Tem em si toda uma importância social e humana, que se reflecte bem nos princípios da sociedade de hoje em dia, que gosta de julgar sem se inteirar dos factos. O filme vive principalmente da performance absolutamente fantástica de Vincent Lindon, um daqueles actores que mesmo sem dizer uma única palavra transmite imenso com a expressão e o olhar. Com veracidade, mostra apenas a realidade, sem romantizar situações ou as atenuar. É poderoso, capaz de revoltar e nos colocar na pele do personagem.

Um filme importantíssimo que retrata muito bem o severo panorama, não só do desemprego, mas também das normas da empregabilidade hoje em dia. Pois, como o título sugere, esta é a triste realidade da lei do mercado. Simples, no entanto, extremamente complexo.

Review overview

Summary

Retrata muito bem o severo panorama, não só do desemprego, mas também das normas da empregabilidade hoje em dia.

Ratings in depth

  • Argumento
  • Interpretação
  • Produção
  • Realização
3.5 10 muito bom

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *