Share, , Google Plus, Pinterest,

Print

Posted in:

Homem-Aranha: Regresso a Casa

de Jon Watts

Very good

Começo por dizer que se és mega-fã da banda desenhada do Homem-Aranha o mais provável é teres duas reacções em relação a este Homem-Aranha: Regresso a Casa. Não vais gostar nada ou simplesmente não vais entender muitas das escolhas.

Mas se conseguires ultrapassar a B.D. e olhares um bocadinho mais à frente talvez este Homem-Aranha: Regresso a Casa te convença. Afinal é o tipo de filme “estou a crescer e tenho que provar a uma série de coisas a uma série de pessoas e além disto tudo ainda sou um super-herói muito divertido”. Basicamente é isto, mas bem feito. É divertido, tem acção, um vilão porreiro, um bom ritmo e potencial para crescer e tornar-se um caso sério de sucesso.

Eu sei que tem tudo o resto que não é verdadeiramente Homem-Aranha, mas podem ser coisas boas ou mal-interpretadas, senão vejamos:


A idade

Sim neste Homem-Aranha: Regresso a Casa o Peter Parker parece realmente muito novo mas na verdade ele é novo! Ele começou por ser um adolescente órfão a estudar na escola secundária quando foi desenhado em 1962 e essa é que era a sua real diferenciação para os outros super-heróis adultos. Tudo bem, ele tem 15 anos. Lutou no Capitão América: Guerra Civil com 14 anos por isso ganhou os seus poderes para aí com 12/13 anos. Isto apenas prova que o rapaz é precoce, nada mais. Acho que o principal problema não é ele ser novo, o problema é que o Homem de Ferro (Robert Downey Jr.) está a ficar um bocadinho para o velhote.


Tia May

A Tia May é boazona, sim ultrapassem isso por favor. O problema sinceramente não é esta Tia May ser interpretada pela deliciosa Marisa Tomei, é o facto de estar constantemente a ser sexualizada por todas as outras personagens. Isso sim, é triste e merece um #shameonyou da minha parte.


O fato

O fato mega-fantástico desenhado pelo Tony Stark talvez seja um exagero. O Homem-Aranha tem poderes, não é um simples miúdo com um fato maravilha vestido. Talvez haja aqui um esticar da corda e aumentar o potencial técnico desta personagem. Aliás onde é que está o Spider-Sense? Esqueceram-se deste (grande) pormenor? Tirando esse facto, o fato, esteticamente é perfeito. No próximo Carnaval já sabem o que vestir.


MJ

(Mega-spoiler Alert) Não é ruiva, não é a personagem esperada e isso é… simplesmente fantástico. Vamos lá deixar os clichés de lado da ‘donzela’ em apuros e dar aqui um twist valente a esta personagem. Afinal já não estamos nos anos 60.

 

Em relação ao vilão, Vulture, é interpretado por Michael Keaton que constrói ali uma personagem completamente credível que queres ver mais vezes. O melhor amigo, o grupo que não se encaixa, as dúvidas, o amor adolescente, o certo, o errado e o descobrir que ‘Com grande poder vem grande responsabilidade’. Este Homem-Aranha: Regresso a Casa é uma verdadeira lufada de ar fresco no universo Spider-Man. É diferente, divertido e o super-herói que todos querem gostar e, na verdade, não foi exactamente assim que o Stan Lee e o Steve Ditko o criaram?

Review overview

Summary

É divertido, tem acção, um vilão porreiro, um bom ritmo e potencial para crescer e tornar-se um caso sério de sucesso.

Ratings in depth

  • Argumento
  • Interpretação
  • Produção
  • Realização
8 10 Very good

Comentários

Share, , Google Plus, Pinterest,