Share, , Google Plus, Pinterest,

Print

Posted in:

Especial Velocidade Furiosa: Velocidade Furiosa 5 . por Hélder Almeida

Depois de Dom fugir da sua sentença, a sua família (Brian e Mia) tornam-se fugitivos. Escondidos no Rio de Janeiro, ficam na mira dum perigoso lorde da droga que controla a cidade.
Justin Lin regressa à cadeira da realização para o quinto filme da saga (e o quarto capítulo), naquele que é o ponto de viragem definitivo para a franchise. Depois dos primeiros passos dados no quarto filme, aqui a saga assume-se como um filme de acção, deixando de lado o mundo das corridas ilegais (até salta por cima duma corrida do género), misturando-se aqui com o filme de golpe, quando Dom e companhia decidem assaltar o vilão, intrpretado pelo nosso Joaquim de Almeida. O resultado final é, na opinião deste e
scriba, o melhor filme da saga, com as doses certas de acção exagerada e desmiolada, tornando-se m blockbuster competente e divertido. A ajudar à festa é a adição de Dwayne Johnson à saga como Dobbs, o imparável agente da lei que persegue Dom e com que tem uma luta algo memorável.
Ao quinto filme, acontece impensável: Velocidade Furiosa torna-se num sucesso ainda maior e consegue o apoio da crítica. A saga está agora rejuvenescida e prepara-se para entrar na sua fase dourada, a nível comercial e crítico.

Comentários

Share, , Google Plus, Pinterest,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *