Share, , Google Plus, Pinterest,

Print

Posted in:

[Especial Marvel 2016] Homem-Formiga (2015)

de Peyton Reed

Homem-Formiga

Acabado de sair da prisão, o ladrão Scott Lang tenta seguir uma vida honesta, com o intuito de se aproximar da sua pequena filha. No entanto, acaba por encontrar Hank Pym, um génio que pretende que a sua maior invenção, um fato que altera o tamanho de quem o veste) seja utlizado para os fins errados. Quando um dos seus discipulos está perto de criar o seu próprio fato, Pym recorre a Lang para este se tornar no novo Homem-Formiga.

 

Realizado por Peyton Reed, Homem-Formiga é o projecto mais complicado da Marvel. O realizador de culto Edgar Wright desistiu do filme a meio da pré-produção, dando assim lugar a Reed, mais especializado em comédias românticas simpáticas. Para além disso, Homem-Formiga trata-se duma personagem menos conhecida do grande público, fazendo com este pudesse ser o primeiro fracasso comercial (e crítico, com os problemas de bastidores) da Marvel. No entanto, Reed, fã assumido da personagem, acaba por surpreender, criando um filme em escala mais pequena (comparando com o resto do universo da Marvel), apropriado à personagem, fazendo desta aventura um pequeno objecto de comédia, entrando ainda em território de heist movie.

O comediante Paul Rudd é Scott Lang e acaba por ser a escolha perfeita para a personagem, conseguindo dar a Lang um toque divertido, emotivo e aventureiro. A seu lado temos Corey Stoll, Evangeline Lilly, Michael Peña e Michael Douglas como Pym.

Homem-Formiga poderá ser o filme mais pequeno da Marvel. No entanto, mesmo com os seus problemas de bastidores, acaba por ser mais um projecto de sucesso para a produtora, introduzindo assim uma personagem e certos elementos que poderão ter impactos significativos no futuro deste universo. Reed tem aqui uma espécie de epílogo para a Fase dois da Marvel, num filme que, ao contrário do que se pensava, resultou em todos os aspectos. Fica apenas a dúvida: como seria a versão de Wright?

Review overview

Summary

Mesmo com os problemas de bastidores, Homem-Formiga torna-se numa das mais agradáveis surpresas da Marvel, num projecto mais simples e pequeno, apropriado à personagem. Paul Rudd dá a Scott Lang o coração e o humor necessários, surpreendendo ainda com o seu lado de herói de acção. Uma agradável surpresa, que poderá ser uma das melhores da Marvel.

Ratings in depth

  • Argumento
  • Interpretação
  • Produção
  • Realização
4 10 muito bom

Comentários

Share, , Google Plus, Pinterest,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *