Share, , Google Plus, Pinterest,

Print

Posted in:

Era Uma Vez em Los Angeles

péssimo

Um detective privado de Los Angeles causa problemas a um perigoso traficante de drogas local. Como retribuição, o seu cão adorado é raptado.
Mark e Robb Cullen escrevem e realizam este Era Uma Vez em Los Angeles, uma comédia de acção protagonizada por Bruce Willis. Willis é então o referido detective privado à procura do seu cão, à lá John Wick, deambulando pela cidade de Venice enquanto enfrenta vários problemas. No entanto, isto é tudo contado num argumento pobre, sem imaginação onde a dupla de argumentistas tenta despertar o Tarantino dentro de si, com diálogos pouco inspirados e com situações aleatórias e sem piada alguma, o que é grave numa suposta comédia. De resto, nem a pouca acção, desinspirada e sem chama, salva isto.
Quanto ao elenco, Willis está em piloto-automático, apenas pelo cheque, e é ajudado pelo sempre interessante John Goodman (que raio faz ele aqui?), Jason Momoa e Famke Jansen numa curta aparição.
Era Uma Vez em Los Angeles não resulta nem como comédia nem como filme de acção, com diálogos e um argumento fracos e um Bruce Willis desinteressado. Mais um prego no caixão nesta péssima fase da carreira do actor.

Review overview

Summary

Argumento fraco e um Bruce Willis desinteressado fazem do filme algo a evitar.

Ratings in depth

  • Argumento
  • Produção
  • Realização
  • Interpretação
0.5 10 péssimo

Comentários

Share, , Google Plus, Pinterest,