Share, , Google Plus, Pinterest,

Print

Posted in:

Ciclo Natal 2016 . Natal Sangrento . por Hélder Almeida

Numa alegre noite de Natal, o jovem Billy vê os seus pais serem brutalmente assassinados por um psicopata vestido de Pai Natal. Billy passa o resto da sua infância num orfanato, juntamente com o seu irmão mais novo, onde o seu trauma pela figura do Pai Natal aumenta. Já em idade adulta, o jovem começa a trabalhar numa pequena loja, onde é forçado a vestir-se da mítica figura natalícia. Ostentando tal farda, desiludido e possuído pelas memórias da fatídica noite de Natal, Billy torna-se numa máquina mortal, matando todas as pessoas que lhe aparecem à frente.

Bastante influenciado por Halloween, Friday The 13th e pela moda da altura que consistia em pegar em tudo o que fosse época festiva e torná-las em filmes de terror, Silent Night, Deadly Night é um slasher realizado por Charles E. Sellier Jr. (quem?!). Desta vez pega-se no Natal e na sempre simpática figura do Pai Natal e cria-se uma imagem diferente: assassino e louco.

Apesar dos seus bons resultados comerciais, o filme foi rapidamente retirado das salas de cinema devido à polémica existente, onde muito se criticou o marketing e a nova imagem negativa do Pai Natal. No entanto, devido ao seu baixo orçamento, o filme acabou por ter lucro e, com o passar dos anos, ganhou um seguimento de culto, dando origem a várias sequelas, todas elas de qualidade duvidosa.

É verdade que Silent Night, Deadly Night é um mau filme, com actores de meia-tijela e situações ridículas, personagens nada interessantes e um assassino com cara de menino que grita “Punished!!” todas as vezes que mata alguém, já para não falar nas já obrigatórias doses de violência e nudez gratuitas. No entanto, acaba por ser um dos casos em que o filme é tão mau que diverte, caindo várias vezes na comédia involuntária, algo que ajudou imenso a fazer com que ganhasse o estatuto de culto.

Podemos ver aqui o lado negro do Pai Natal. Nem todos os filmes de Natal têm de apresentar a imagem bonita e festiva da época. Por vezes também temos de ver o que acontece quando as coisas correm mal nesta altura de paz e amor, quando o Pai Natal (ou alguém vestido de) perde o controlo, pega num machado e é autor duma chacina natalícia sem precedentes, castigando as pessoas que se portaram mal ao longo do ano. E o que acontece é isto… Silent Night, Deadly Night.

Comentários

Share, , Google Plus, Pinterest,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *