Aníbal Santiago

Aníbal Santiago

  • Posted in:

    Besta

    Os contrastes estão na essência de “Beast” (“Besta”). Na primeira longa-metragem realizada por Michael Pearce, o esperado e o inesperado encontram-se, as palavras abafadas podem mais tarde dar lugar a um grito furioso e desesperado, um dos personagens principais é simultaneamente o lobo mau, príncipe encantado e o caçador. O sol, o calor e a […]

    Read more

  • Posted in:

    Na Fronteira

    Na sua segunda longa-metragem como realizador e argumentista, Ali Abbasi reúne com precisão elementos de fantasia, drama e investigação policial, enquanto se esgueira pelas fronteiras do realismo mágico, questiona o que é ser humano e aborda uma série de temáticas relacionadas com a identidade, o corpo, a sexualidade, a solidão e a dificuldade da nossa […]

    Read more

  • Posted in:

    Clímax

    Gaspar Noé não está preocupado em contar uma história certinha ou em deixar-nos diante de um enredo demasiado elaborado. Está ainda menos interessado em desenvolver os personagens. Acima de tudo quer proporcionar-nos uma experiência. E “Clímax” é uma experiência cinematográfica que estimula as sensações, prende os sentimentos e arrasta-nos para o interior de um lugar […]

    Read more

  • Posted in:

    Custódia Partilhada

    Primeira longa-metragem realizada por Xavier Legrand, “Jusqu’à la garde” (Custódia Partilhada) envolve-se com argúcia por temáticas relacionadas com a violência doméstica, o modo como os filhos lidam com o divórcio dos pais e as dinâmicas entre os progenitores e os seus rebentos. Será possível que um mau marido seja um bom pai? “Não quero que […]

    Read more

  • Posted in:

    Em Trânsito

    Começar uma crítica a citar o priberam não é algo propriamente original, mas “Transit” (Em Trânsito) compele-nos a repetir esse acto e a descurar temporariamente a singularidade. Ao visitarmos este dicionário online, a palavra do título, traduzida para português, aparece com os seguintes significados: efeito de caminhar, marchar, passagem, movimento de veículos, morte ou passamento. […]

    Read more

  • Posted in:

    Top 2018 – As escolhas da redacção

    Após largas reuniões virtuais e debates acirrados em defesa das suas obras de eleição, sete membros da redacção conseguiram chegar a um consenso sobre o top 10 de 2018 da Take Cinema Magazine. A lista reflecte a heterogeneidade da equipa e foi construída a partir das escolhas de Sara Galvão, José Carlos Maltez, Pedro Soares, […]

    Read more

  • Posted in:

    A Árvore da Discórdia

    Uma quezília aparentemente banal entre vizinhos começa a ganhar proporções gradativamente inauditas e a transformar-se em algo violento, intenso e mortífero em “Undir trénu” (A Árvore da Discórdia), uma comédia negra com contornos de drama onde o melhor e o pior do ser humano surge ao de cima. Cada quintal aparece como uma espécie de […]

    Read more

  • Posted in:

    Entrevista a Hafsteinn Gunnar Sigurðsson sobre A Árvore da Discórdia

    Estreada na edição de 2017 do Festival de Veneza, a comédia negra “A Árvore da Discórdia” (“Undir trénu”) tem efectuado um percurso assinalável por diversos certames internacionais, tais como o Toronto International Film Festival, o Fantastic Fest, Göteborg Film Festival, entre muitos outros. Terceira incursão do realizador Hafsteinn Gunnar Sigurðsson pelas longas-metragens, esta obra de […]

    Read more

  • Posted in:

    Dogman

    Existem papéis que marcam a carreira dos actores. Ao terminarmos de visionar “Dogman” é praticamente impossível não ficarmos com a ideia de que Marcello Fonte tem aqui o grande personagem do seu percurso artístico, aquele que o vai marcar daqui em diante. O intérprete insere um tom submisso e gentil ao seu Marcello, um indivíduo […]

    Read more

  • Posted in:

    Il cratere

    Até onde pode ir a obsessão de um pai? Esta é uma pergunta que poderia praticamente servir como ponto de partida para “Il cratere”, a primeira longa-metragem de ficção realizada por Luca Bellino e Silvia Luzi, uma dupla que anteriormente trabalhara sobretudo em documentários. Diga-se que “Il cratere” esgueira-se precisamente pelas fronteiras do documentário e […]

    Read more