Share, , Google Plus, Pinterest,

Print

Posted in:

Mestres da Ilusão 2

de Jon M. Chu

mau

Os Quatro Cavaleiros estão de volta, e era bem melhor que estivessem continuado escondidinhos. Mestres da Ilusão 2 é uma autentica trapalhada, que consegue ser ainda pior que o primeiro filme. Desleixado, banal, sem qualquer magia.

 

Passado um ano depois dos acontecimentos do primeiro filme (Mestres da Ilusão, 2013) os Quatro Cavaleiros (Jesse EisenbergWoody HarrelsonDave Franco eLizzy Caplan que aqui substitui a personagem de Isla Fisher) preparam-se para mais um grande truque. Com a ajuda do detective do FBI Dylan Rhodes (Mark Rufallo) – que aqui se vê envolvido numa teia de vingança com o séptico da magia Thaddeus Bradley (Morgan Freeman) que foi preso no último filme – os cavaleiros terão de escapar ao plano maquiavélico do bilionário Walter Mabry (Daniel Radcliffe), que pretende que estes o ajudem a ter acesso a um poderoso chip que tem o poder de obter dados privados de todos os dispositivos do planeta. Sabemos um pouco mais sobre os personagens, mas não o suficiente, e revelações um pouco absurdas acabam por surgir. À excepção de algumas, poucas, cenas de mais acção e divertimento, o tempo parece não passar e as duas horas de filmes tornam-se intermináveis!

Para além de ser similar ao primeiro filme, por vezes consegue ter ainda menos credibilidade com sequências sem sentido algum, e um desenvolvimento tão disparatado que até dá pena ver estes nomes do elenco associados a este filme. A tentativa em abordar o tema da falta de privacidade no mundo em que vivemos hoje em dia sai falhada, pois nunca é levada a sério. Andamos apenas atrás destas personagens, perdidas no meio de uma teia que se vai prolongando na mediocridade querendo fazer de nós um pouco totós.Lizzy Claplan é a única que ainda consegue proporcionar alguns momentos divertidos, mesmo assim acaba mais à frente por cair sempre no exagero. E até doí ver nomes como Mark Rufallo e Woody Harrelson nisto, quanto mais Michael Cane ou Morgan Freeman, que hoje em dia infelizmente se prestam a qualquer coisa. Apesar do primeiro filme, também me ter desiludido bastante, a verdade é que conseguia criar uma dinâmica diferente que até nos punha a pensar na execução dos truques de magia, o que aqui nem sequer acontece, pois tudo é rapidamente revelado, através de flashback’s e diálogo explicativo.

Mestres da Ilusão 2 é mais uma sequela desnecessária, sem qualquer tipo de substância, na qual desesperamos que chegue rápido ao fim. A verdade é que vende, e já se fala num suposto terceiro filme.

Resumo da crítica

Summary

Mestres da Ilusão 2 é mais uma sequela desnecessária, sem qualquer tipo de substância.

Classificação

  • Argumento
  • Interpretação
  • Produção
  • Realização
1.5 10 mau

Comentários

Share, , Google Plus, Pinterest,

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *