Share, , Google Plus, Pinterest,

Print

Posted in:

Especial Velocidade Furiosa: Velocidade Furiosa – Ligação Tóquio . por Hélder Almeida

Chegamos finalmente ao terceiro filme e ao sexto capítulo da saga: Ligação Tóquio. Aqui seguimos Sean, um jovem americano que se recambiado para Tóquio como castigo. É então que descobre o mundo das corridas ilegais, onde encontra problemas com um criminoso local.
Ligação Tóquio marca a estreia de Justin Lin e do argumentista Chris Morgan na saga. Inicialmente pensado como um capítulo dedicado a Dom (daí a pequena surpresa no fim), tornou-se numa espécie se spin-off da saga. Han é o principal elo de ligação a futuros filmes e é o seu destino aqui revelado que coloca este terceiro filme mais à frente na narrativa da saga, m relação aos seus três filmes seguintes (o quarto, quinto e sexto filmes acabam por ser prequelas cujo ponto de ligação dá-se o final do sexto filme). Lucas Black é o pouco carismático protagonista e o filme não quase nada à saga.
Estreado antes da reviravolta que a saga conheceria, aqui estamos perante um filme muito centrado no mundo das corridas ilegais. Lin consegue alguns momentos de acção bem conseguidos, cimentando o seu lugar na saga durante mais 3 filmes. E é a sua realização que se torna no melhor aspecto deste Ligação Tóquio. E é então que partimos para o sétimo filme…

Comentários

Share, , Google Plus, Pinterest,

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *