Share, , Google Plus, Pinterest,

Print

Posted in:

[Especial Star Trek] Star Trek: Insurreição (1998)

de Jonathan Frakes

mediano

Com o aproximar da chegada de Star Trek: Além do Universo, o terceiro capítulo após o renascimento da saga espacial pelas mãos de J.J. Abrams, fazemos uma retrospectiva pelas doze longas-metragens produzidas entre 1979 e 2013.

Ao terceiro capítulo com a Nova Geração, o primeiro tropeção. Apesar de repetir a realização, após o sucesso junto dos fãs do filme anterior, o actor Jonathan Frakes não consegue elevar este material acima da mediocridade.

Numa tentativa de reaproximar as narrativas do Star Trek das premissas do seu criador Gene Roddenbery, reduzindo o elemento militarista e enfatizando o elemento de exploração espacial e pacifismo entre diferentes povos e raças, o produtor Rick Berman e o argumentista Michael Piller cozinham uma narrativa confusa e pouco focada que envolve a fonte da juventude eterna, tentativa de realocação de um povo inteiro em massa, motivações pouco claras e uma insurreição que, apesar de figurar no título, não chega bem a sê-lo.

IX - 4

 

Com piores efeitos especiais que os filmes imediatamente anteriores, apesar da chegada do digital, e cenários pouco convincentes, existe uma tentativa algo falhada de humor à volta do poder regenerativo do planeta onde a tripulação tenta defender o povo residente, incluíndo Worf a sofrer dos males da puberdade, Riker a reacender a sua paixão por Troi, Picard a apaixonar-se e Data à procura de sentir o que é ser criança. Tudo isto em detrimento de uma real exploração dos temas subjacentes com referencias superficiais ao holocausto e ao dilema das necessidades dos muitos pesarem mais do que as necessidades dos poucos, já explorado com efeitos dramáticos em A Ira de Khan.

O resultado é um filme algo sonso e Star Trek: Insurreição parece funcionar mais como um longo episódio televisivo do que como um bom filme para ver no cinema.

Resumo da crítica

Summary

Mais um longo episódio televisivo do que como um bom filme para ver no cinema.

Classificação

  • Argumento
  • Interpretação
  • Produção
  • Realização
2.5 10 mediano

Comentários

Share, , Google Plus, Pinterest,

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *