Share, , Google Plus, Pinterest,

Print

Posted in:

O mais americano dos géneros cinematográficos

Numa histórica reunião da Associação de Realizadores Americanos (Directors Guild of America), John Ford apresentou-se diante da sua plateia da seguinte forma: “O meu nome é John Ford, e eu faço westerns”.

 

Escusado será dizer que tal auto-denominação é bastante redutora, e não representa a totalidade da carreira de um dos mais geniais realizadores americanos de sempre, que assinou títulos de grande qualidade fora do género. Aliás, a famosa Academia de Hollywood conseguiu premiá-lo com 4 estatuetas de Melhor Realizador ao longo da sua carreira, sem que alguma delas fosse relativa a um western, em mais uma das muitas provas da alergia destes a filmes de género, que pouco mais faz do que cimentar a sua irrelevância histórica. Tal como Ford, muitos foram os realizadores cujas carreiras, apesar de conterem outros filmes de valia, acabaram como um sinónimo de “filme de cowboys”, o mais americano dos géneros cinematográficos clássicos. Gente como Budd Boetticher, Raoul Walsh, John Sturges, Delmer Daves ou Robert Aldrich, entre muitos outros, marcaram o seu nome de forma bem firme no género, e a História tem vindo a ser bastante justa para com eles.

in Take 42 – Leia aqui o artigo completo

Share, , Google Plus, Pinterest,

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *