Share, , Google Plus, Pinterest,

Print

Posted in:

50 Anos de Persona

1966 foi um ano histórico para o panorama mundial. Se, por um lado, o mundo vivia um clima denso de guerra no Vietname, a China começava a sua Revolução Cultural, já em França começava a sentir-se um clima pré Maio de 1968 e o sonho americano ingénuo e inocente era abalado com a morte de Walt Disney.

Relativamente ao mundo do cinema, Michelangelo Antonioni, Sergio Leone, Andrei Tarkovsky, François Truffaut e Ingmar Bergman faziam uma revolução na linguagem cinematográfica neste mesmo ano. É importante referir que 1966 é o ano do magnífico Blow-up, do memorável O Bom, o Mau e o Vilão, de Andrei Rublev, Fahrenheit 451 e Persona. Todos eles referências incontornáveis do cinema.

Passados 50 anos, o ano de 2016 é essencialmente um ano memorável em História. A verdade é que morte de David Bowie deixa todo o mundo em reflexão. Umberto Eco, escritor e filósofo italiano, deixa-nos também neste ano. Soma-se a visita história de Barack Obama a Cuba e o concerto dos Rolling Stones, o escândalo dos Panama Pappers ou de Dilma Rousseff no Brasil. O Brexit torna-se real e a Europa tem um novo paradigma à sua frente. (…)


in Take 44 – Leia aqui o artigo completo
 | Faça download da revista clicando aqui

Share, , Google Plus, Pinterest,

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *